O Clube Aventura da Madeira estreou-se competição nacional de Tiro Com Arco

O dia 23 de Setembro assinalou a estreia absoluta de arqueiros da Madeira numa competição oficial da Federação Portuguesa de Tiro Com Arco, em território continental. Foi nas Caldas da Rainha, no pavilhão da Mata, que os arqueiros do Clube Aventura da Madeira Eugénia Azevedo, Francisco Azevedo e Sidónio Jesus fizeram a sua estreia a nível nacional, numa das etapas do Campeonato Nacional de Sala, em arco recurvo.

Com cerca de dois anos de prática na região, estes arqueiros partiram à descoberta de uma realidade ainda distante em termos técnicos e de equipamentos. Mais do que os objectivos competitivos, esta participação foi extremamente rica e positiva, pela experiência vivida e conhecimentos adquiridos.

Eugénia Azevedo, iniciou a sua participação algo desconcentrada e com algumas afinações menos conseguidas que viriam a penalizar a sua prestação na primeira volta da competição, onde obteve 117 pontos. Fruto de uma melhor adaptação ao equipamento conseguiu melhorar na segunda volta de dez séries, de três flechas, conseguindo 182 pontos, que totalizaram 299 pontos (6.ª Class).

Francisco Azevedo, não teve muita sorte na estreia, pois, pouco antes da competição teve um problema com a corda do seu arco, tendo de a substituir, perdendo algumas afinações do arco. No entanto, viria a somar 315 pontos (21.º class).

Sidónio Jesus conseguiu uma boa prestação, dando indicações que poderá progredir em termos de pontuação até ao final da época. Com o início menos bom, pois obteve na primeira volta de 10 séries de três flechas, somente 165 pontos, viria a melhorar consideravelmente na segunda fase, atingindo os 209 pontos, que totalizaram 374 pontos (17.º Class) como resultado final.

Esta competição contou com 57 arqueiros nos arcos recurvos e 32 nos compound, que dispararam a 18 metros, para alvos triplos de 40 cm.