Aventura Portuguesa no Campeonato Europeu de Ski-alpinismo 

Gonçalo Silva (Madeira), Henrique Claro (Lisboa), José Ferreira (Braga) e Nuno Caetano (Madeira) constituem aquela que será a primeira Selecção Nacional Portuguesa de Esqui Alpinismo, com estreia no campeonato europeu de Ski-alpinismo, marcada para o dia 8 de Fevereiro, em Pelvoux, França.

Nuno Caetano (Clube de Montanha do Funchal) é o mais experiente nesta modalidade, tendo já, por dois anos consecutivos, participado na conceituada prova de Pierra Menta. Chegou até a ficar entre os 50 primeiros.

Em 2010, esteve também na Patrouille des Glaciers, na Suiça, na qual participará

também em Abril deste ano.

No ano passado Nuno Caetano representou Portugal como atleta individual numa Prova da Taça do Mundo realizada em França.

Henrique Claro estreia-se nas competições. Há sete anos mudou-se de Lisboa para

Chamonix, pois era o destino ideal para aprofundar os seus conhecimentos de escalada e alpinismo. Desde então é um esquiador assíduo no Inverno. E no Verão é um apaixonado pelo BTT cross-country.

José Ferreira veio propositadamente de Braga para participar no Campeonato Europeu. Chegou a Chamonix uma semana antes do Campeonato, para juntar-se aos seus colegas, e treinar junto de estes.José é triatleta e já terminou a mítica e dura prova Iron Man. É um excelente atleta, mas tal como Henrique Claro estreia-se nas Competições de Esqui Alpinismo.

O quarto elemento desta equipa é o 'trailer' Gonçalo Silva (Clube Aventura da Madeira). Um atleta com muitas participações em provas de 'Trail running (distâncias ultra-longas em montanha), tendo terminado o Ultra Trail Mont Blanc (por duas vezes) e o Tor de Geant em Itália. Desde de 2008, data em que se mudou para Chamonix, tem vindo a participar em provas de esqui alpinismo.

Esta Selecção vai competir nas provas Individual Sénior, Vertical Race (individual) e

Estafeta (em equipa). A primeira prova será a Individual Sénior na quarta-feira, dia 8, uma prova técnica que levará os atletas a subir 1450 metros e a descer um total de1850m. Depois segue-se a Vertical Race, no dia 9, uma prova que consiste numa subida de 1010m, começando aos 1250m de altitude e terminando aos 2260m.

A última prova no dia 10 de Fevereiro, é a Estafeta. Cada elemento fará uma volta ao circuito, semelhante à prova do primeiro dia, mas com apenas 120 m de desnível.

Estas provas exigem equipamento técnico: as 'peles de foca' para as subidas; o arnês, os crampons e o kit ferrata para segurança nas passagens mais técnicas; e o material de sobrevivência em caso de avalanche, a pá, a sonda e o emissor ARVA.

Os atletas Gonçalo, Henrique e José estão conscientes de que não estão ao nível dos restantes atletas deste Campeonato, no entanto este factor não os tem desmotivado nos treinos, muito pelo contrário.

Já com outra ambição está Nuno Caetano, que tem trabalhado arduamente nos últimos treinos de forma a aperfeiçoar aspectos mais técnicos, e tem sido o elemento

impulsionador e dinamizador desta equipa.

Esta Selecção conta com o apoio da Federação Portuguesa de Campismo e

Montanhismo de Portugal.

A prova pode ser acompanhada em directo no site: http://www.ski-ecrins.com


Programa das competições com participação portuguesa

Quarta-feira, 8 Fevereiro

- 9h45 – Prova Individual homens

- 18h – Cerimónia de entrega de prémios

Quinta-feira, 9 Fevereiro

- 10h - Vertical Race.

 - 18h – Cerimónia de entrega de prémios

Sexta-feira, 10 de Fevereiro

- 10h – Estafeta Seniores

- 18h15 - Cerimónia de entrega de prémios